TIAGO MARTINS DE OLIVEIRA

Presidente do conselho diretivo da AGIF, I. P.

Especializado na gestão e governança de risco de incêndio florestal e com mais de 25 anos de experiência em atividades nacionais e internacionais, é doutorado em Engenharia Florestal e Recursos Naturais (2017), pela Universidade Técnica de Lisboa – Instituto Superior de Agronomia.

De 21 de outubro de 2017 até 31 de dezembro de 2018 foi Presidente da Estrutura de Missão para a Instalação do Sistema de Gestão Integrada dos Fogos Rurais, cargo equiparado a Secretário de Estado, na dependência direta do Primeiro-Ministro do XXI Governo Constitucional. Entre 17 de fevereiro de 2018 até 31 de dezembro de 2018 foi Presidente da Comissão Instaladora da Agência de Gestão Integrada dos Fogos Rurais, I. P.

Foi o responsável pelas áreas da Inovação e Desenvolvimento Florestal (2016-2017) e Proteção Florestal (2008-2016) na The Navigator Company, abrangendo os projectos operacionais de prevenção e combate de incêndios, bem como os projectos de investigação e desenvolvimento, incluindo o FireEngine ao abrigo do programa MIT- Portugal.

Foi o coordenador executivo da proposta técnica do Plano Nacional de Defesa da Floresta Contra Incêndios (2004/5) e exerceu assessoria técnica nos XV (2003/4 e XVII Governos (2005/6).

De 2001 a 2003 foi responsável pelo Desenvolvimento e Estratégia da Aliança Florestal, S.A. e de 1997 a 2000 foi responsável pelos Serviços de Inventário Florestal e Cartografia da Portucel Florestal, S.A.. De 1995 a 1997 foi assistente de investigação do Centro Nacional de Informação Geográfica.

Participou desde 1998 em todas as campanhas de incêndios (excepto 2005), nas funções de Sapador Florestal Helitransportado, Supervisor Regional e Coordenador Nacional.

É membro do Centro de Estudos Florestais da Universidade de Lisboa e foi docente convidado do mestrado MedFor da Univ. Lisboa (2013-2017) co-leccionando a disciplina de Wildfire Risk Management.

É autor de vários artigos e comunicações em seminários internacionais, tendo no exercício das suas funções visitado mais de 40 países. Ao longo do seu percurso profissional desenvolveu competências nas áreas do relacionamento pessoal, liderança, negociação, estratégia, planeamento, análise de investimentos, gestão da mudança, de projecto e de informação geográfica, seguros florestais, deteção remota e comunicação.

PAULO RAINHA MATEUS

Vogal do conselho diretivo da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais, I. P.

Licenciado em Engenharia Florestal, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, 1994, tem uma Pós-graduação em Engenharia dos Recursos Florestais, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, 1995, e Mestrado em Engenharia Florestal, pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, 2015.

Foi vogal da Comissão Instaladora da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais, I. P., (AGIF, I. P.), 2018 e adjunto da Estrutura de Missão para Instalação do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais, 2017-2018.

Fez parte da Comissão Técnica Independente, constituída para análise dos Incêndios ocorridos entre os dias 17 e 24 de junho, nos concelhos de Pedrógão Grande e outros (Lei n.º 49-A/2017, de 10 de julho), 2017.

Foi Diretor Nacional da Autoridade Florestal Nacional, entre 2009-2012, Diretor do Projeto «EEAGrants – Infraestruturação do Território e Defesa da Floresta contra Incêndios», 2008-2011, na Autoridade Florestal Nacional, Delegado do Ministério da Agricultura do Desenvolvimento Rural e das Pescas, para as questões florestais, na ligação com a organização da Presidência Espanhola do Conselho da União Europeia, 2010 e membro do UNECE/FAO Team of Specialists on Forest Fire, 2009-2012, pela Autoridade Florestal Nacional.

Foi Subdiretor-Geral da Direção-Geral dos Recursos Florestais, entre 2006-2008 e Coordenador da Comissão Bilateral Portugal Espanha para a prevenção e combate aos incêndios florestais, no quadro da XXI Cimeira Luso-Espanhola, entre 2006-2009. Ainda no âmbito da Direção-Geral dos Recursos Florestais e Autoridade Florestal Nacional, foi perito da Comissão Europeia em Defesa da Floresta Contra Incêndios, como representante nacional no «Group of Experts in Forest Fires», 2006-2012, e Coordenador do projeto «Apoio Técnico-Operacional dos EUA a Portugal no âmbito da aplicação da técnica de Fogo Prescrito», 2005-2006. Foi ainda Chefe da Divisão Nacional de Defesa da Floresta Contra Incêndios da Direção-Geral dos Recursos Florestais, 2004-2005, Chefe da Divisão de Proteção e Conservação da Floresta, 2003-2004, e Gestor do projeto «Proteção da Floresta Contra Incêndios – Reg. (CEE) n.º 2158/92», 1997-2003, na Direção Regional de Agricultura de Entre Douro e Minho.

Foi Membro do Conselho de Assessores (Advisory Board) do Projeto Internacional SIMWOOD, 2015-2017 e autor de vários artigos técnicos em revistas nacionais e de artigos científicos em revista internacional listada no Science Citation Index.

Vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Ciências Florestais desde 2017, tem exercido atividade docente em Licenciaturas, Pós-graduações e Mestrados como convidado em Universidades e Institutos Universitários.

MÁRIO GUEDES MONTEIRO

Vogal do conselho diretivo da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais, I. P.

Licenciado em Organização e Gestão de Empresas pelo ISCTE (1988/93), com formação complementar em Marketing, na Fachhochshule für Wirtschaft, Pforzheim, Alemanha (1993/94). Reúne experiência diversificada em matéria de gestão de recursos: no domínio operacional, participou no lançamento de empresa inovadora em telecomunicações, coordenando equipas multidisciplinares de grande dimensão; responsável pela implementação de programas de transformação processuais e tecnológicos de elevada complexidade, tendo desenvolvido neste sector ainda a função de Project Management Office; implementou metodologias de gestão por processos e práticas Agile, com reporte direto às Administrações, participando em processos de tomada de decisão relevantes; negociação com fornecedores e com clientes internos no âmbito da gestão de serviços partilhados.

De outubro de 2017 a 31 dezembro de 2018 foi Adjunto da Estrutura de Missão para a Instalação do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais, tendo como principais responsabilidades: a coordenação e gestão global do Programa de Transformação, previsto na RCM n.º 157-A/2017, de 21 de outubro, e o planeamento e programação da instalação da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais (AGIF, I. P.);

Entre 2012-2017, foi Back Office Senior Manager, NOS Comunicações, S. A, e entre 2008-2011 – Back Office de Cliente Senior Manager, ZON TV Cabo Portugal, S. A. Foi Diretor de Serviços de Desenvolvimento Organizacional e Processos, TV Cabo Portugal, S. A., entre 2003-2008, e anteriormente Diretor de Serviços de Gestão de Clientes/Call Center na TV Cabo Portugal, S. A..